• Dr Edson Santiago

Fascite Plantar: conheça a maior responsável por dores no pé

Atualizado: Fev 26

A Fascite Plantar é uma das causas mais comuns de dor no calcanhar ou na sola do pé. Conhecida também como aponeurose plantar, é o resultado da irritação degenerativa da fáscia plantar, uma membrana de tecido conjuntivo e pouco elástico, que recobre a musculatura da sola do pé. Apesar de o diagnóstico conter o segmento "itis", essa condição é caracterizada notavelmente pela ausência de células inflamatórias.

Fonte: Google Imagens



Sinais e Sintomas da Fascite Plantar


A apresentação clássica é de dor aguda localizada no calcanhar. Em alguns casos, um esporão de calcanhar pode ser encontrado, no entanto, 50% dos pacientes com essas condições, a causa da dor não está relacionada com o esporão. A fascite plantar não é fácil de tratar e a insatisfação do paciente é comum com a maioria dos tratamentos. No entanto, a maioria dos casos não é tratada cirurgicamente, mas a recorrência da dor é frustrante.



Possíveis Causas da Fascite Plantar


Esta lesão está relacionada com o uso excessivo, principalmente devido a um esforço repetitivo que causa microrrupturas da fáscia plantar, mas pode ocorrer como resultado de trauma ou outras causas multifatoriais como: pés planos, pés cavos, obesidade, envelhecimento, ficar muito tempo em pé, dorsiflexão limitada do tornozelo e pronação ou supinação excessiva assim como tensão dos músculos da panturrilha estão associados a esta patologia.


Fonte: Google Imagens



A Fascite Plantar é uma das principais causas de dores no pé


Estimasse que esta condição é responsável por cerca de 10% das lesões relacionadas ao corredor e 11% a 15% de todos os sintomas nos pés que requerem cuidados profissionais. Acredita-se que ocorra em cerca de 10% da população geral também, com 83% desses pacientes sendo adultos ativos e trabalhadores com idades entre 25 e 65 anos. Pode se apresentar bilateralmente em um terço dos casos. Alguma literatura mostra que as taxas de prevalência entre uma população de corredores chegam a 22%.


Um diagnóstico diferencial e imprescindível para excluir casos como:


  • Lesão do calcâneo;

  • Infecção;

  • Dor óssea falciforme;

  • Contusão óssea;

  • Dor neuropática;

  • Tendinite;

  • Osteoporose;

  • Malignidade.


Qual o tratamento adequado para Fascite Plantar?


Cerca de 75% dos casos se resolvem espontaneamente em 12 meses. E aproximadamente 5% dos casos precisam de cirurgia, mas os resultados não são consistentemente bons. Mesmo com tratamento, a resolução dos sintomas pode levar semanas ou meses. A morbidade da fascite plantar é enorme, levando a afastamentos do trabalho e esportes. Alguns indivíduos requerem um dispositivo ambulatorial para evitar a descarga de peso


O tratamento adequado envolve Fisioterapia Especializada, liberação miofacial, anti-inflamatórios, uso de palmilhas, terapia por ondas de choque extracorpórea e readequação de atividades esportivas e de vida diária.



O que acontece se a Fascite Plantar não for tratada?


A fascite plantar pode ser um distúrbio benigno, mas, se não tratada adequadamente, pode ser incapacitante e associada a dor moderada a intensa. Cerca de 70/80% dos pacientes com fascite plantar apresentam redução dos sintomas em 9-12 meses, mas pelo menos 5-10% requerem liberação cirúrgica da fáscia plantar. A fascite plantar em atletas está associada a alta morbidade e, mesmo quando tratada de forma adequada, as recorrências não são incomuns.


A morbidade da fascite plantar se deve à dor no pé, dificuldade de caminhar, limitação aos exercícios e incapacidade de suportar peso. Às vezes, a deambulação irregular também pode causar lesões nas articulações do joelho e do quadril. Entre as pessoas que ficam em pé por muitas horas, a fascite plantar é uma das causas mais comuns de pedidos de indenização por acidente de trabalho.

87 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
coluna_vertebral_edson_santiago-01-01.jp

AGORA QUE JÁ NOS CONHECEMOS

ENTRE EM CONTATO!

Whatsapp

Ou me ligue (11) 96933 - 5115

Ícone Whatsapp para whatsapp do Edson Santiago